Ultimas Notícias

NOTA DE APOIO À LUTA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DA REDE ESTADUAL DE ENSINO NO PARANÁ E SOLIDARIEDADE À PROFESSORA WALKIRIA MAZETO Eleições do Sintesu para Gestão 2024-2029: Acesse aqui o Regulamento Geral e seus anexos Querido(a) associado(a), venha comemorar o Dia do Trabalhador com feijoada, samba e pagode

Uma das grandes angústias dos docentes do Ensino Superior está para acabar. A governadora Cida Borghetti assinou, nesta segunda-feira (18/06), em Curitiba, a mensagem que regulamenta o Tempo Integral de Dedicação Exclusiva (Tide) como regime de trabalho aos professores das universidades estaduais. Os reitores das universidades estaduais participaram do ato.

Dirigentes sindicais em reunião, em 2017, com o então secretário João Carlos Gomes, da Seti. Sindicatos e Governo debateram inúmeras vezes a importância de regularizar o Tide como regime de trabalho.

A regulamentação do Tide é uma antiga reivindicação dos docentes e o Sintesu, sindicato que representa docentes e técnicos da Unicentro, realizou a luta para regularizar a situação do Tide como regime de trabalho, com intuito de dar tranquilidade para que os professores do Ensino Superior possam desenvolver a pesquisa científica de qualidade e com dedicação exclusiva. “Foram dezenas de reuniões e manifestações, buscando solucionar esse problema e normalizar a situação, pois sabíamos da importância do Tide docente como regime de trabalho. A sociedade só tem a ganhar com essa decisão do governo”, declarou o presidente do Sintesu, Danny Jessé Nascimento.

A mensagem deve ser enviada já nesta terça (19/06), para a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e, caso seja aprovada, pelos deputados e sancionado pela governadora, o projeto vai virar lei e o Tide deixará se consolidará como regime de trabalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *