Ultimas Notícias

Parceria SOLARIS x SINTESU Nota de Falecimento – Maria Aparecida Morozini DATA-BASE: A (DES)ENCANTADA SITUAÇÃO DAS DEMANDAS

Na reunião, dirigentes sindicais debateram a importância da participação sindical nas decisões que envolvem as universidades.

 

Na última segunda-feira (11/02), representantes dos Sindicatos Unificados das Universidades Estaduais do Paraná (Assuel – UEL, Sinteemar – UEM, Sinteoeste – Unioeste, Sintespo – UEPG, e Sintesu – Unicentro) reuniram-se com o professor Aldo Nelson Bona, indicado para a Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná. A iniciativa da reunião partiu de deliberação dos sindicatos, tomada em reunião realizada em 28 de dezembro passado, na sede do Sinteoeste, em Cascavel-PR.

Na reunião com Aldo Bona, os sindicatos esclareceram dúvidas sobre a recém criada Superintendência. Os dirigentes sindicais colocaram as expectativas e necessidades dos sindicatos, no que diz respeito às Instituições Estaduais de Ensino Superior (IEES) e aos servidores vinculados a essas instituições. Também foi solicitada uma mesa constante de negociação e diálogo com o novo governo.

Aldo Bona destacou que espera contar com os sindicatos durante a sua gestão na superintendência. Ele revelou que, nesse primeiro momento, o intuito é criar, para o Paraná, um programa de Ensino Superior e outro de Ciência, Tecnologia e Inovação, abrindo espaço para que representantes dos Sindicatos Unificados já participem da criação desses programas.

“Queremos deixar claras as regras de atuação e de desenvolvimento da Ciência, da Tecnologia e da Inovação, bem como das ações praticadas no Ensino Superior, padronizando, para todas as universidades, as formas de execução das atividades”, declarou, ressaltando, em seguida, que o pedido do governador Carlos Roberto Massa Júnior, Ratinho Júnior, é que as universidades se tornem, ainda mais, pólos de desenvolvimento no Estado.

Os Sindicatos Unificados avaliaram como produtiva a reunião com o superintendente, tendo em vista que este foi um primeiro contato e que portas foram abertas as entidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.