Ultimas Notícias

Parceria SOLARIS x SINTESU Nota de Falecimento – Maria Aparecida Morozini DATA-BASE: A (DES)ENCANTADA SITUAÇÃO DAS DEMANDAS

Tucano já havia sido preso em setembro

Com informações do site Midiamax (por Maisse Cunha). Foto: Marcelo Camargo/Agencia Brasil.

Ex-governador do Paraná, o tucano Beto Richa foi preso na manhã desta sexta-feira (25). A prisão, determinada pelo juiz Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara Federal de Curitiba, vale por tempo indeterminado e, conforme o G1, Richa já está detido, em local ainda não informado.

Outro alvo de prisão preventiva é o ex-contador da ex-primeira-dama Fernanda Richa, Dirceu Pupo Ferreira. Ambas cautelares foram decretadas a pedido do MPF (Ministério Público Federal) em desdobramento da Operação Integração, fase da Lava Jato que investiga concessão de rodovias no Paraná.

O ex-governador é investigado pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa. Em setembro passado, Richa foi preso pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) em Curitiba e alvo de mandados de busca e apreensão cumpridos pela Polícia Federal no mesmo dia.

À época, a ex-primeira-dama, o ex-chefe de gabinete de Richa, Deonilson Roldo, e outros 12 investigados foram presos, acusados de superfaturar contratos de manutenção de estradas rurais em troca de propina. A operação foi batizada de “Rádio Patrulha”.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.