Ultimas Notícias

Nota Técnica do STF conclui que o Governo do Paraná tem condições financeiras para pagar o retroativo da ação judicial da Data Base Querido Sindicalizado… Representante dos Sindicatos Unificados se reúnem com a SEAP e Casa Civil para debater avanço na carreira dos agentes de apoio

Representantes sindicais debateram as possibilidades de reestruturação da carreira docente e também de melhoria para os agentes universitários do nível operacional.

 

Representantes dos Sindicatos Unificados, composto por técnicos e professores das universidades estaduais do Paraná, se reuniram nesta quarta-feira, 2 agosto, com o diretor geral da Casa Civil, Luciano Borges, e com o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), Aldo Bona. A reunião foi marcada pela Associação das Instituições de Ensino Superior (Asies), por meio dos dirigentes José Maria Marques e Eder Rossato, e tinha como pauta o andamento do plano de carreira dos docentes das universidades estaduais do Paraná e também debater avanços na carreira dos agentes universitários do nível operacional.

 

REESTRUTURAÇÃO DA CARREIRA DOCENTE 

Sobre o plano de carreira dos docentes, Luciano Borges explicou que a proposta de reestruturação da carreira está sendo analisada pelo Governo e, na sequência, será apresentada ao governador Ratinho Júnior, com quem também será debatido de onde serão oriundos os recursos para a reestruturação. A expectativa é que até o final de agosto os servidores tenham mais informações sobre a reestruturação da carreira docente.
O diretor geral destacou que a carreira docente só não avançou no primeiro semestre deste ano devido à greve dos professores universitários. Contudo, os dirigentes sindicais reforçaram a importância de aprovação das melhorias para os professores e se colocaram à disposição para auxiliar no que for possível para que isso ocorra o quanto antes. O secretário Aldo Bona reforçou a importância de se avançar na reestruturação da carreira dos docentes das universidade estaduais.

 

AGENTES UNIVERSITÁRIOS OPERACIONAIS

Os Sindicatos Unificados também debateram com Luciano Borges a necessidade de ajuste na tabela para a categoria de agentes universitários operacionais, explicando o contexto de desvalorização da categoria, que foi contemplada com valores menores do que as categorias de execução e profissional. O secretário entendeu a importância da iniciativa e explicou que a Casa Civil levantará dados dos servidores dessa categoria nas diversas carreiras do Estado. Entretanto, o diretor geral explicou que a prioridade, neste momento, é para as categorias que ainda não tiveram nenhum avanço nos últimos anos. Sobre este assunto, o secretário Aldo Bona reforçou o entendimento de que é necessário avaliar a questão dos agentes operacionais, que não se sentiram contemplados como as demais categorias na reestruturação recente.
Por fim, ficou acordado que os dirigentes sindicais serão chamados a participar de novas reuniões nos próximos meses, para debater e tomar ciência das ações tomadas pelo Governo sobre os dois assuntos tratados.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *