logo

Contato rápido


Seu nome*

Seu e-mail*

Sua mensagem*


Conecte-se com o Sintesu!

Rua Padre Salvador, 808 – Santa Cruz
Guarapuava – PR

Fone: (42) 3622-8418

Sintesu | Sindicatos e governo do Paraná se reúnem em Curitiba
16831
post-template-default,single,single-post,postid-16831,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_menu_slide_from_right,qode-theme-ver-9.4.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.5,vc_responsive

Sindicatos e governo do Paraná se reúnem em Curitiba

Sindicatos e governo do Paraná se reúnem em Curitiba

Na última terça-feira (6), integrantes ligados a FES, que é o Fórum das Entidades Sindicais, se reuniram junto a representantes da Casa Civil para a discussão das reivindicações propostas para a suspensão da greve dos servidores públicos do Estado do Paraná. Na conversa, o chefe da Casa Civil, Guto Silva, reafirmou o compromisso do governo em atender as reivindicações das categorias, proposto no ofício divulgado no último dia 12 de julho. Do mesmo modo, também afirmou o compromisso de estar encaminhando o projeto de lei para a Assembleia Legislativa nos próximos dias. Uma comissão do FES estará acompanhando a produção da mensagem que será enviada para a assembleia legislativa. Outro item da pauta, a retirada do Projeto de Lei Complementar (PLC) 04/19 deve ser oficializada ainda nesta semana.

Os representantes das universidades ainda realizaram, na tarde de ontem (6), uma reunião junto a frente parlamentar de defesa das universidades, para tratar do levantamento e esquematizar as próximas ações referentes a greve dos servidores. Nessa conversa, os deputados ligados à frente de defesa, afirmaram compromisso de fazer a discussão da LGU (Lei Geral das Universidades) junto com as universidades, não deixando essa lei prejudicar as instituições de ensino superior, e sim contribuir com as mesmas.

Daniel Edilson Flauzino, dirigente sindical do Sintesu, esteve presente nas reuniões, reafirmando a participação do sindicato na luta. “O Sintesu está presente em todas as ações do FES, em todas as ações na Alep, e estamos acompanhando de perto”, comenta Daniel.

Além dos assuntos abordados, também foram discutidos outros pontos específicos, referentes a cada categoria abarcada pela greve dos funcionários públicos.

Com informações do FES.

Tags:
, ,
Nenhum comentário

Envie um comentário