logo

Contato rápido


Seu nome*

Seu e-mail*

Sua mensagem*

[recaptcha class:captcha]


Conecte-se com o Sintesu!

Rua Padre Salvador, 808 – Santa Cruz
Guarapuava – PR

Fone: (42) 3622-8418

Sintesu participar de palestras e atividades na UEM
15792
post-template-default,single,single-post,postid-15792,single-format-standard,bridge-core-1.0.6,ajax_fade,page_not_loaded,,side_menu_slide_from_right,qode-theme-ver-18.2,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

Sintesu participar de palestras e atividades na UEM

Sintesu participar de palestras e atividades na UEM

Nos dias 29 e 30 de agosto, o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Maringá (Sinteemar) promoveu a paralisação das atividades na Universidade Estadual de Maringá (UEM). Durante os dois dias, foram realizadas palestras e eventos culturais.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Superior da Unicentro (Sintesu), Danny Jessé Falkembach Nascimento, participou das palestras. “Estivemos participando das ações, para nos atualizarmos dos assuntos e também para estabelecermos contatos para trazermos especialistas sobre assuntos de interesse das categorias docente e técnica da Unicentro”, revelou,

O presidente do Sinteemar, José Maria de Oliveira Marques, explicou que as datas são simbólicas e fazem menção aos ataques realizados pelo Governo do Estado aos servidores. A do dia 29 é em memória ao “29 de abril de 2015” – Dia do Massacre –  e a paralisação do dia seguinte foi para lembrar o “30 de agosto de 1988”, quando o então governador Álvaro Dias mandou o Batalhão do Choque e a cavalaria da Polícia Militar para intimidar os educadores em greve que faziam uma manifestação em frente ao Palácio Iguaçu.

 

Atividades na UEM – No dia 29/08, ocorreram duas palestras com o advogado especialista em direito previdenciário dos servidores públicos e assessor do Fórum das Entidades Sindicais (FES), Ludimar Rafanhim, sobre “Retrospectiva e perspectivas – reforma da previdência em nível federal – Ameaça aos direitos dos trabalhadores” e as “Retrospectivas e perspectivas – ParanaPrevidência – reflexos para os servidores públicos”.

No dia seguinte, pela manhã, foi a vez do secretário geral da CUT- PR, Márcio Kieller, fazer uma “Análise de Conjuntura do Movimento Sindical – Resistência e Luta”. À tarde, ocorreu a palestra do professor Nelson Martins Garcia, intitulada “Fim do Tide como Regime de Trabalho nas IEES/PR – últimos desdobramentos”, que tratou do Tide docente.

No Comments

Post A Comment