logo

Contato rápido


Seu nome*

Seu e-mail*

Sua mensagem*

[recaptcha class:captcha]


Conecte-se com o Sintesu!

Rua Padre Salvador, 808 – Santa Cruz
Guarapuava – PR

Fone: (42) 3622-8418

Sintesu participa de ato em defesa da data-base
15754
post-template-default,single,single-post,postid-15754,single-format-standard,bridge-core-1.0.6,ajax_fade,page_not_loaded,,side_menu_slide_from_right,qode-theme-ver-18.2,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

Sintesu participa de ato em defesa da data-base

Sintesu participa de ato em defesa da data-base

Interessados em participar do evento devem se inscrever pelo e-mail sintesu@hotmail.com ou pelo fone 3622-8418.

160718_Mobilização em defesa da Data baseNa próxima quarta-feira, 20, o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Superior da Unicentro (Sintesu) participará de ato em Curitiba, na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), em defesa da data-base dos servidores públicos. Todos aqueles que tiverem interesse de participar podem se inscrever pelo e-mail sintesu@hotmail.com ou pelo fone 3622-8418, fornecendo o nome completo e o número do RG.

O ato, organizado pelo Fórum das Entidades Sindicais (FES), está marcado para ter início às 9h, em frente à Alep. O ônibus partirá na madrugada de quarta-feira (20/07), às 5h da manhã, em frente ao Campus Santa Cruz e passará em Irati para pegar os servidores daquele local. Na Alep, haverá acompanhamento da sessão pela manhã e também diálogo com os deputados, para apresentar informações aos parlamentares, mostrando a importância da reposição da inflação aos servidores.

O presidente do Sintesu, Danny Jessé Nascimento, explicou que a data-base não é aumento salarial e sim a reposição da inflação. “O Governo do Paraná tem atacado a Lei da data-base, afirmando que é um aumento, mas, na verdade, a data-base é apenas a reposição da inflação de determinado período e serve, assim como nas convenções coletivas de trabalhadores, para repor o salário frente à inflação”, destacou.

Danny também lembrou que o Governo está consumindo o caixa da ParanaPrevidência, que é dinheiro depositado pelos servidores para a aposentadoria. “Acho estranho o discurso do Governo, de que não tem condições de pagar a data-base dos servidores públicos, mas gasta milhões em propaganda alegando que o Estado está com superávit financeiro. E os números avaliados pelo FES mostram esse superávit, em sua maior parte, devido aos mais de 8 bilhões de reais que o Governo tomou da aposentadoria dos servidores”, concluiu.

No Comments

Post A Comment