logo

Contato rápido


Seu nome*

Seu e-mail*

Sua mensagem*

[recaptcha class:captcha]


Conecte-se com o Sintesu!

Rua Padre Salvador, 808 – Santa Cruz
Guarapuava – PR

Fone: (42) 3622-8418

Em reunião com a Seap, FES cobra resposta para a data-base
16437
post-template-default,single,single-post,postid-16437,single-format-standard,bridge-core-1.0.6,ajax_fade,page_not_loaded,,side_menu_slide_from_right,qode-theme-ver-18.2,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

Em reunião com a Seap, FES cobra resposta para a data-base

Em reunião com a Seap, FES cobra resposta para a data-base

Servidores públicos já estão há 28 meses sem a reposição da inflação.

 

O conjunto dos servidores públicos estaduais, representando pelo Fórum das Entidades Sindicais (FES), reuniu-se, na manhã de terça-feira (22/05), com o secretário de Estado da Administração e Previdência  Fernando Ghignone e sua equipe técnica para cobrar o pagamento da data-base. A luta das categorias se estende há mais de anos porque o governo Richa (PSDB) optou por descumprir a lei e tirar o dinheiro do bolso e da mesa de milhares de trabalhadores.

Hoje, em todo Estado, mais de 300 mil professores, funcionários de escolas, enfermeiros, agentes penitenciários, funcionários técnicos, dentre outros profissionais, recebem pelo menos 11,68% abaixo do que deveriam. A defasagem salarial, somada ao descaso com que o governo vem tratando o fundo previdenciário dos servidores e às retalhações à atuação dos movimentos sindicais,  motivou o Fórum a solicitar uma reunião, em caráter emergencial. “Entendemos que a nossa pauta está estagnada e que o calendário eleitoral impõe que o governo resolva a situação dos servidores dentro do prazo. Portanto, temos que  avançar na situação salarial”, reforça o presidente da APP-Sindicato, Hermes Leão. 

Dia de mobilização (22/05) foi marcado pela presença de sindicatos de todo o estado. (Foto: Comunicação APP)

Acompanhados(as) pelos deputados estaduais Tercílio Turini (PPS) e Professor Lemos (PT), os representantes do FES conseguiram do secretário Ghignone  o compromisso de uma discussão, sobre a data-base e a ParanaPrevidência, com  a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa).

“Na semana que vem, haverá uma audiência pública da prestação de contas do governo, nós esperamos já ter uma resposta efetiva para estes itens centrais. Esse é um esforço coletivo das categorias de reafirmar nossos direitos. Agora, precisamos continuar acompanhando os itens da pauta e cobrando dos deputados que se posicionem favoráveis aos trabalhadores. O secretariado pode ser novo, mas a pauta é antiga, pedimos esforço e urgência nas respostas”, salienta a coordenadora do FES, professora Marlei Fernandes de Carvalho.

À tarde, integrantes do FES visitaram os gabinete dos deputados para, entre outros itens, cobrar o apoio para resolução dos problemas que atingem os servidores públicos do Paraná.

 

Com informações da Comunicação da APP Sindicato.

No Comments

Post A Comment