logo

Contato rápido


Seu nome*

Seu e-mail*

Sua mensagem*

[recaptcha class:captcha]


Conecte-se com o Sintesu!

Rua Padre Salvador, 808 – Santa Cruz
Guarapuava – PR

Fone: (42) 3622-8418

Data-base é dívida: Sindicatos montarão acampamento em frente ao Palácio Iguaçu a partir de segunda (11/06)
16447
post-template-default,single,single-post,postid-16447,single-format-standard,bridge-core-1.0.6,ajax_fade,page_not_loaded,,side_menu_slide_from_right,qode-theme-ver-18.2,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

Data-base é dívida: Sindicatos montarão acampamento em frente ao Palácio Iguaçu a partir de segunda (11/06)

Data-base é dívida: Sindicatos montarão acampamento em frente ao Palácio Iguaçu a partir de segunda (11/06)

O FES está convocando as categorias para a vigília pela data-base dos servidores do Poder Executivo, que envolve, dentre outros órgãos, os trabalhadores da saúde, segurança e educação.

Data-base é dívida: Sindicatos montarão acampamento em frente ao Palácio Iguaçu a partir de segunda (11/06)

A paciência acabou! O Fórum das Entidades Sindicais (FES) decidiu em plenária que irá iniciar uma vigília pelo pagamento da data-base. O acampamento será montado na Praça 29 de Abril, em frente ao Palácio Iguaçu, em Curitiba, a partir de segunda-feira (11/06) e tem objetivo de conseguir reunião com a governadora Cida Borghetti e com a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), para esclarecer o assunto, tendo em vista que lei eleitoral limita a votação do projeto da data-base até o dia 06 de julho.

 “Já são mais de 29 meses sem a reposição da inflação aos servidores públicos do Poder Executivo do Paraná, onde se encontram cerca de 300 mil servidores (da ativa e aposentados) e onde estão os trabalhadores estaduais com os salários mais baixos do Estado. A perda de massa salarial afeta diretamente as famílias destes servidores. Além disso, a data-base é um direito previsto em Lei”, declarou o presidente do Sintesu, Danny Jessé Nascimento.

Durante a vigília, servidores farão visitas aos gabinetes dos deputados, acompanharão as sessões na Assembleia Legislativa do Estado (Alep), realizarão debates e participarão de atividades culturais.

Isonomia – Os sindicatos têm cobrado que o Governo realize tratamento igualitário entre os servidores públicos do Paraná. Isso não vem acontecendo, como se pode ver no que diz respeito à data-base, pois as comissões de Constituição e Justiça e a de Finanças da Alep já aprovaram os projetos de lei para os reajustes dos servidores da Defensoria Pública (PL 297/18), Procuradoria Geral do Estado (PL 298/18), Ministério Público e Tribunal de Justiça (PL 299/18), Legislativo (PL 304/18) e do Tribunal de Contas (PL 311/18).

Para a coordenação do FES, tudo indica que os outros poderes vão receber a reposição da inflação, o que é certo, legal e justo. Incerto, ilegal e injusto é mais uma vez os servidores do Poder Executivo levarem o calote na data-base.

Mobilização na Assembleia Legislativa – Diariamente e durante o dia todo, os membros da coordenação e dirigentes sindicais do FES têm feito plantão na Alep. No início dessa semana, mais uma vez percorreram os gabinetes de deputados e deputadas para apresentar, na ponta do lápis, novos estudos que demonstram que o Estado possui todas as condições de pagar a data-base aos servidores do Poder Executivo, garantindo isonomia com os servidores dos demais poderes.

Os dirigentes do FES conversaram, novamente, com o líder do Governo, Pedro Lupion, e com o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano. Ambos confirmaram ter levado a reivindicação à governadora.

Sintesu na luta pela data-base – O Sintesu participará do acampamento para fortalecer o conjunto dos servidores estaduais do Poder Executivo. Os servidores da Unicentro que queiram participar em mais esta mobilização pela reposição da inflação, devem entrar em contato com o sindicato:

– e-mail: sintesu@hotmail.com

– telefone: (42) 3622-8418

No Comments

Post A Comment